PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
.

Domingo, 21 de Maio de 2017 - 01h14


Com um voto contrário, Conselho Federal da OAB decide pedir o impeachment de Temer

 
Com apenas um voto contrário e uma ausência, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou na noite deste sábado, ingressar com pedido de abertura do processo de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados.

O presidente da Ordem, Cláudio Lamachia, afirmou que pretende protocolar o pedido no Congresso no início dessa semana, na segunda (23) ou terça-feira (24). A sessão durou sete horas.

Logo após o término da sessão, os conselheiros deram as mãos e cantaram o hino nacional. Foram 25 votos a favor, um contrário (Amapá) e uma ausência (Acre).

O relator do pedido, o advogado Flávio Pansieri, da seção do Paraná, usou dois argumentos para demonstrar que o presidente cometeu crime de responsabilidade: ter ouvido de Joesley Batista uma prática delituosa - de ter em "mãos" dois juízes e um procurador - e não ter informado às autoridades competentes para investigar e o fato de recebido um pedido de ajuda do empresário da JBS para resolver pendências que ele tinha no Ministério da Fazenda, com indicação de um representante para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cadê.

 Fachin vai submeter pedido de suspensão do inquérito ao plenário do STF

"Entendo que o presidente ofende a probidade administrativa por não ter agido como autoridade pública, além da ausência de decoro", disse o relator Pansieri. 

Os conselheiros que votaram a favor do impeachment justificaram ser indiferente se os áudios foram editados ou não. Eles recorreram ao argumento de que Temer não negou o encontro com Joesley tarde da noite numa reunião fora da agenda e no Palácio do Jaburu. 

"A visita de um empresário, investigado em cinco operações da Polícia Federal, já é um escândalo de grandes proporções", disse o conselheiro Delosmar Mendonça, da Paraíba. 

Os advogados de Temer deixaram o plenário da OAB logo que os conselheiros rejeitaram o pedido de dar maior prazo para apresentação da defesa do presidente. Não ficaram nem para acompanhar a votação do mérito do relatório favorável à abertura do impeachment.

ANÁLISE: Joesley Batista não pode ser símbolo de que o crime compensa no Brasil

O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz, disse que os políticos transformaram a corrupção numa prática cotidiana. 
"Eles não sabem fazer política de outra forma. Venderam seus mandatos. Uns por projetos de poder, outros por ambição, luxo e deslumbramento", disse Santa Cruz. 

A conselheira Adriana Coutinho, de Pernambuco e que votou a favor do impeachment, afirmou que não faz diferença se é verdadeira ou não a afirmação de que Joesley comprou juízes e procuradores. Para ela, Temer deveria tomar alguma atitude. Coutinho citou a declaração de Temer no seu pronunciamento na tarde deste sábado, quando o presidente afirmou que não tinha acreditado mesmo nessa fala do empresário. Joesley, no depoimento ao Ministério Público, contou que inventou essa história.
 
O presidente da OAB da Bahia, Luiz Viana foi favorável ao impeachment, mas disse que nem todos os políticos são iguais. 

"Não interessa se não é verdade. É de altíssima gravidade. Com essa confissão do presidente ficamos mais seguros para aprovar esse impeachment", disse a conselheira.

AO ATAQUE: Temer muda tática, sobe o tom, ataca delator e critica PGR em discurso

O impeachment de Dilma foi aprovado ano passado por 27 a 2 votos. 

Os estados cujos conselheiros votaram a favor do impeachment foram: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins, Alagoas. 

E o Amapá divergiu do relator e votou contra. Os conselheiros do Acre não compareceram à reunião porque não houve tempo hábil desde a marcação da reunião, na sexta, de comprar passagem. 

"É lastimável que decidamos pelo impeachment de mais um presidente da República. De um governo que tem apenas um ano e quatro meses de existência", disse Lamachia ao decretar o resultado da votação.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 23h49


Caminhonete carregada com tomates quase cai em rio em Jardim Alegre

 
Uma caminhonete por pouco não caiu em um rio, neste sábado, em Jardim Alegre.

O motorista perdeu o controle da direção no momento que atravessava uma ponte, no Bairro Palmeirinha.

Chovia muito no momento do acidente.

A caminhonete chegou a tombar, mas ninguém ficou ferido. Moradores daquela região pedem melhorias na sinalização da estrada para evitar acidentes. 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 23h24


Direto do Ginásio Chico Neto Seleto Maringá / Pitanga Futsal

 
Pós jogo! Pitanga perdeu em Maringá.

 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 17h33


Motorista perde controle de caminhão e cai em ribanceira na PR-487, próximo a Catuporanga

 
O motorista de um caminhão Mercedes Benz, placas de Marialva/PR, acabou perdendo o controle do veículo, vindo a capotar e sair fora da pista, caindo em uma ribanceira de aproximadamente 30 metros. O caminhão transportava óleo vegetal.
 
Internautas que passaram pelo local enviaram à nossa equipe de reportagem as fotos do acidente que aconteceu por volta das 14 horas deste sábado (20) na PR-487, trecho entre Iretama e Nova Tebas.
 
De acordo com informações, o motorista estava preso nas ferragens, mas consciente. O Corpo de Bombeiros de manoel Ribas e Campo Mourão realizou o atendimento no local.

O repórter Jonei Farias passou pelo local, e gravou imagens.

Parabéns aos Bombeiros de Manoel Ribas e Campo Mourão pelo Exelente trabalho.(Grandes guerreiros)
 
​
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 16h22


Hoje em um novo pronunciamento Temer diz que pedirá ao STF suspensão do inquérito aberto para investigá-lo

 
O Presidente Michel Temer afirmou neste sábado (20), em pronunciamento de 12 minutos e meio no Palácio do Planalto, que ingressará no Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido de suspensão do inquérito aberto com autorização do ministro Edson Fachin para investigá-lo.
Ele também afirmou que não deixará a Presidência da República. "Digo com toda segurança: o Brasil não sairá dos trilhos. Eu continuarei à frente do governo".

Na noite de 7 de março deste ano, Temer recebeu o empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, na residência oficial do Palácio do Jaburu. O empresário registrou a conversa com um gravador escondido e depois apresentou a gravação a investigadores da Operação Lava Jato, da qual se tornou delator.

No pedido de abertura de inquérito ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que a conversa indica "anuência" de Temer ao pagamento de propina mensal, por Joesley, para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.

"Li hoje no jornal 'Folha de S.Paulo' notícia de que perícia constatou que houve edição no áudio de minha conversa com o sr. Joesley Batista. Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos. Incluída no inquérito sem a devida e adequada averiguação, levou muitas pessoas ao engano induzido e trouxe grave crise ao Brasil.

Por isso, no dia de hoje, estamos entrando com petição no Supremo Tribunal Federal para suspender o inquérito proposto até que seja verificada em definitivo a autenticidade da gravação", declarou o presidente.

Veja outras declarações do presidente no pronunciamento:

"Essa gravação, clandestina, é o que se diz, foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos, incluída no inquérito sem a devida  adequada averiguação, levou muitas pessoas ao engano induzido e trouxe grave crise ao Brasil."


"O autor do grampo está livre e solto, passeando pelas ruas de Nova York. O Brasil, que já tinha saído da mais grave crise econômica de sua história, vive agora, sou obrigado a reconhecer, dias de incerteza. Ele não passou nenhum dia na cadeia, não foi preso, não foi julgado, não foi punido e, pelo jeito, não será."

"O autor do grampo relata dificuldades e eu simplesmente as ouvi. Nada fiz para que ele obtivesse benesses do governo. Não há crime em ouvir reclamações e me livrar do interlocutor indicando outra pessoa ouvir suas lamúrias. E confesso que o ouvi como ouço empresários, políticos, trabalhadores, intelectuais e pessoas de diversos setores da sociedade no Palácio do Planalto, no Palácio do Jaburu, no Palácio da Alvorada e em São Paulo."

"Quero lembrar da acusação de que eu dei aval para a compra de um deputado. Não existe isso na gravação, mesmo tendo sido adulterada. E não existe porque eu não comprei o silêncio de ninguém.”

"Tenho crença nas instituições brasileiras e nos seus integrantes. Devo registrar que é interessante quando os senhores examinam os depoimentos, os senhores verificam que a conexão de uma sentença a outra diz: 'Estou comprando o silêncio de um deputado e estou dando dinheiro a ele'. A frase é 'Estou me dando bem', e eu digo: 'Mantenha isso, viu?'. Por isso, devo dizer que não acreditei na narrativa do empresário de que teria segurado juízes etc."

"Ele [Joesley] é um conhecido falastrão, exagerado. Depois, em depoimento, podem conferir, disse que havia inventado essa história, que não era verdadeira. Era fanfarronice que ele utilizava naquele momento."

“Antes de entregar a gravação, [Joesley] comprou US$ 1 milhão porque sabia que isso provocaria caos no câmbio. Sabendo que a gravação também reduziria o valor das ações de sua empresa, as vendeu antes da queda da bolsa. Não são palavras minhas apenas. Os fatos estão sendo investigados pela Comissão de Valores Mobiliários. A JBS lucrou milhões e milhões de dólares em menos de 24 horas.”

"Digo com toda segurança: o Brasil não sairá dos trilhos. Eu continuarei à frente do governo".
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 14h36


Ouça ao vivo o jogo do Pitanga contra o Maringá. Hoje ás 20:00hs

 

OUÇA:    
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 10h45


Equipe do Sargento Moraes prende autores de roubo a farmácia de Santa Maria do Oeste

 
Por volta das 18h30 de ontem (19), três elementos armados adentraram a Farmácia Farma Total de Santa Maria do Oeste e renderam os proprietários e funcionários, roubaram aproximadamente oitocentos reais, telefones celulares, joias e uma carteira com documentos de um funcionário.

Com base nas informações, foi iniciada diligencias pela PM, com apoio do comandante do DPM e do Serviço Velado da 3 Cia.

Foram levantadas informações que possivelmente três suspeitos iriam pegar o ônibus para Palmital na rodovia. Iniciado monitoramento a distância do ônibus que seguia para Palmital quando nas proximidades do Rio do Pedro, o ônibus parou e foi avistado três suspeitos, dois foram abordados, o terceiro se evadiu para o mato.

Os abordados: dois menores de 15 anos, que estavam com uma mochila na qual estava uma arma tipo garrucha, utilizada no roubo, parte do dinheiro, celulares e joias.

Foi dado continuidade as diligências e após algumas horas de campana foi abordado o terceiro elemento também menor de 14 anos, o qual estava na margem da rodovia, próximo a São Manoel e portava um revolver simulacro, um celular roubado e parte do dinheiro.

Os apreendidos são todos moradores de Palmital, eles confessaram o roubo e disseram que havia um quarto envolvido no crime, que seria maior de idade e morador de Santa Maria do Oeste, que não sabiam o nome exato e nem endereço, porém seria um indivíduo de nome Alisson, moreno, magro, estatura média, brincos na orelha e uma tatuagem num dos braços com a escrita MAE.

Que Alisson seria o articulador do crime. Novas diligencias foram realizadas e por volta das 00h30 foi localizada a casa e abordado ALISSON LUIZ MOREIRA RODRIGUES,( 20) anos, confirmada todas as características inclusive tatuagem no braço esquerdo com a escrita MAE. Alisson negou participação, mas os três menores confirmaram ser ele o mentor.

Alisson estava com um celular possivelmente produto do roubo. O preso, os adolescentes, arma, dinheiro e objetos roubados foram conduzidos para a 45 DRP.

Os menores apreendidos disseram que ALISSON já estaria planejando o próximo crime e seria um roubo no Posto de Combustível do trevo de Santa Maria do Oeste. Medidas tomadas: prisão, apreensão de menor, apreensão de arma de fogo, dinheiro e objetos.
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 10h03


Homem fica ferido após ser atingido por raio em Terra Rica, no Paraná

 
Um homem de 32 anos ficou ferido após ser atingido por um raio em Terra Rica, no noroeste do Paraná, na tarde de ontem (19). Quando sofreu a descarga elétrica, o homem estava dentro de casa, na Vila Barbosa, perto de um telefone celular que estava carregando, de acordo com o Hospital Municipal de Terra Rica.

A vítima foi levada ao hospital da cidade pelos próprios familiares. Após o atendimento, ele foi transferido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Santa Casa de Paranavaí, na mesma região do estado.

Na manhã deste sábado (20), a Santa Casa de Paranavaí informou que o paciente continua internado no Pronto Socorro. O hospital não passou detalhes sobre o estado de saúde do homem.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sábado, 20 de Maio de 2017 - 09h36


Chuva deve dar pequena trégua no final de semana, antes do frio

 
O Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) prevê uma pequena trégua na chuvarada nos próximos dias. No sábado, a previsão é de sol com muitas nuvens pela manhã. Já a tarde e à noite volta a chover.

O domingo também deve ser intercalado entre sol e pancadas de chuva. A máxima no final de semana não deve passar dos 22º. A mínima será de 17º no sábado e 14º no domingo.

Já na segunda-feira (22) o sol brilha forte o dia todo. Em contrapartida, os termômetros despencam. A mínima deve chegar nos 8º.
 
PUBLICIDADE
 
.

Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 18h36


Vereador Luiz Matos pede comissão para atender famílias que se encaixam no programa Cartão Reforma

 
O Vereador Luiz Matos, estará solicitando da Secretaria da Promoção Social de Pitanga, que seja instalada uma comissão de Atendimento das famílias que se encaixam nos requisitos do Programa Social CARTÃO REFORMA, do Governo Federal, também o profundo estudo e conhecimento do mesmo, com objetivo de esclarecer dúvidas e fazer com que esse programa auxilie as famílias e "aqueça " a economia do Município.

A ação do programa ainda carece de expectativas e estudos por parte dos órgãos competentes.
 
PUBLICIDADE
 
.

Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 15h21


Filmado recebendo mala de dinheiro, deputado Rocha Loures chega ao Brasil

 
Deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi filmado recebendo uma mala de dinheiro da JBS, segundo o jornal "O Globo", chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira (19). Loures é apontado como intermediário do presidente Michel Temer para assuntos do grupo J&F com o governo.

Loures estava em Nova York, nos Estados Unidos, acompanhando o evento Person of The Year (personalidade do ano), no qual o prefeito de São Paulo João Doria foi premiado. O deputado afastado desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, às 7h35, uma hora depois de o avião pousar, às 6h25.

No saguão do aeroporto, Loures foi chamado de "ladrão", "bandido" e algumas pessoas pediram "cadeia". Ele não quis gravar entrevista, entrou em um táxi branco e não respondeu para qual cidade vai. Limitou-se a dizer que vai se manifestar na "hora adequada".

Após a delação de Joesley Batista, da JBS, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou o afastamento de Loures do mandato de deputado federal.

Entenda as suspeitas contra Rodrigo Rocha Loures:

Na quarta-feira (17), o jornal "O Globo" divulgou reportagem que aponta que o presidente Michel Temer indicou Rocha Loures para resolver uma disputa relativa ao preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica do grupo JBS.

A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou sobre sua demanda no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Pelo serviço, segundo "O Globo", Joesley ofereceu propina de 5%, e o deputado deu o aval.

De acordo com documentos da investigação obtidos pela TV Globo, o deputado afastado foi filmado pela PF recebendo uma bolsa com R$ 500 mil enviados por Joesley, após combinar pagamento semanal no mesmo valor pelo período de 20 anos. Conforme o relatório, o valor semanal poderia chegar a R$ 1 milhão se o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), valor fixado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em R$/MWh , para a comercialização da energia, ultrapassasse R$ 400.

De acordo com "O Globo", Loures teria telefonado para o presidente interino do Cade, Gilvandro Araújo, para interceder pelo grupo. O Cade informou, em nota, que a área técnica da Superintendência Geral recomendou a instauração, inicialmente, de Procedimento Preparatório e, posteriormente, de Inquérito Administrativo, procedimentos padrão para apurar denúncias anticoncorrenciais.

A entrega de R$ 500 mil para Rocha Loures, feita por Ricardo Saud, diretor da JBS, ocorreu em São Paulo. Depois de passar por três endereços em um mesmo encontro (um café em um shopping, um restaurante e uma pizzaria), Loures deixa a pizzaria levando uma mala preta com o dinheiro.

Conversas entre Loures e Ricardo Saud, diretor da JBS, revelam qual era o entendimento do parlamentar sobre o impacto das denúncias e das investigações no STF contra ministros do governo Michel Temer.

Em uma das conversas, o deputado concorda em apresentar uma prévia do relatório da Medida Provisória do Refis, que ainda não era público, para o diretor da JBS. Na conversa, os dois falam sobre esconder o que a JBS queria no texto incluindo os pontos como sugestão da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 13h26


Madeiras caém de caminhão e atinge veículo Uno na Serra da Marrequinha

 
Na manhã dessa sexta (19), o trânsito está parado no sentido Pitanga/Guarapuava, devido um caminhão carregado de madeira, ter sua carga desprendida vindo cair uma parte da carga sobre um veículo Uno.

Um casal ficou ferido após o veículo em que eles estavam seguindo pela Rodovia PRC-466, veio a ser atingido por madeiras que desprenderam de um caminhão.

As informações são do Secretário de Saúde de Boa Ventura de São Roque, que socorreu as vítimas. Sendo elas, filha e genro do vereador Vilson Viana de Boa Ventura. Estes, foram encaminhados para o Hospital São Vicente de Pitanga com ferimentos.

O caminhão que se envolveu no acidente é de Dourados/MS e o motorista não se feriu.

A Polícia Rodoviária de Pitanga e Corpo de Bombeiros estiveram atendendo o acidente.

Fonte Eloi Turvo
































​
 
.

Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 10h46


Sanepar promove encontro com a comunidade de Pitanga nesta sexta (19)

 
Pitanga - A Sanepar realiza mais um encontro do Programa Comunidade Sanepar, em Pitanga.

O evento acontece nesta sexta feira (19) às 18h, na Câmara de Vereadores.

De acordo com a companhia serão abordados os serviços que estão sendo prestados, tarifas e apresentação do programa de investimentos.
 
O encontro será conduzido por representantes da Sanepar, que estarão preparados para responder questionamentos dos moradores, esclarecer dúvidas e prestar atendimento às demandas da comunidade.

Estarão presentes gerentes, coordenadores e técnicos da Companhia. Todas as autoridades municipais foram convidadas.

Em Guarapuava, o encontro do programa será neste sábado (20), na Associação da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Uni centro), que fica na rua Francisco de Assis, número,304, bairro Boqueirão.
 
.

Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 10h02


Acidente em frente ao posto de saúde no centro de Pitanga

 


Hoje pela manhã (19), um acidente de transito em frente ao POSTO DE SAÚDE no centro de Pitanga, deixou dois veículos com danos materiais.
 
Um veículo camionete da COPEL e um veículo GRAND SIENA com placas de Pitanga.
 
Com o impacto, o Siena parou muito próximo de um ônibus da secretaria municipal de Pitanga, por pouco o ônibus não foi atingido.
 
Chove muito em Pitanga.


 
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 22h10


Monsenhor Jonas Abib fala sobre o atual momento político

 
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 20h53


Carro da polícia sofre acidente e deixa policiais e presos feridos na BR-153, em União da Vitória

 
Uma carro da Polícia Civil sofreu um acidente na BR-153, em União da Vitória, na região sul do Paraná, na manhã desta quinta-feira (18). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro da polícia bateu de frente contra um caminhão.
 
Dois policiais ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Regional de União da Vitória.

Os presos também tiveram ferimentos leves e foram conduzidos para o mesmo local.

Os presos, que são suspeitos de latrocínio, estavam sendo levados para Cacequi, no Rio Grande do Sul.

Eles foram presos na segunda-feira (15), em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, pela Polícia Militar (PM). Ambos são suspeitos de roubar uma caminhonete no Rio Grande do Sul e de ter matado o dono do veículo.
 
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 17h19


Vice-prefeito de Jataizinho morre após acidente na PR-090

 
O vice-prefeito de Jataizinho, no norte do Paraná, Fábio de Morais Polônia, de 33 anos, morreu na noite de quarta-feira (17).

O carro em que ele estava capotou na rodovia PR-090, entre Assaí e Jataizinho.
 
Conhecido por Fabinho, ele já tinha sido vereador de Jataizinho e assumiu em janeiro deste ano como vice-prefeito.

O corpo dele foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina.
 
Além do vice-prefeito de Jataizinho, outro homem estava no veículo no momento do acidente. Ele foi internado em um hospital de Ibiporã.
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 16h51


Polícia Civil investiga crime envolvendo gerente da Pedreira da Comercial Ivaiporã

 
Foi identificado como Donizete Aparecido Guidi, 52 anos, o homem morto com disparo de arma de fogo no peito, na noite de quarta-feira, 17 de maio, na Pedreira da Comercial Ivaiporã, localizada no bairro do Sabugueiro.

Guidi era gerente da pedreira, e as primeiras informações são de que funcionários chegaram para o trabalho na manhã desta quinta-feira, dia 18, e encontraram o homem morto.
 
De acordo com o delegado Gustavo Dante, a Polícia Civil acredita que Donizete Guidi tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

“Apuramos que foi levada uma quantia em dinheiro do escritório que estava todo revirado. O corpo dele foi localizado entre a casa e o escritório”, descreveu o delegado.
 
O homem trabalhou por mais de 30 anos como caseiro da empresa, e morava com a esposa, que estava viajando.
 
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 15h41


PF prende procurador da República suspeito de passar informação sigilosa

 
A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira o procurador Ângelo Vilella, suspeito de passar informações sigilosas ao empresário Joesley Batista. Ele foi levado para sede da PF em Brasília. Agentes realizaram operação de busca e apreensão no gabinete do Ministério Público no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O vice-procurador-geral eleitoral, Nicolau Dino, e a subprocuradora-geral da República, Cláudia Sampaio, acompanharam a operação. Foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos.

Vilella é membro da diretoria da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). A Polícia Federal também realizou buscas na casa do procurador no bairro da Asa Norte. A PF chegou por volta das 6h ao apartamento de Villela, em Brasília, deixando o local às 9h30. Procuradores da República também acompanharam a prisão e as buscas na residência.

PUBLICIDADE

Villela é procurador auxiliar da PGE e já foi procurador regional eleitoral em Roraima entre 2009 e 2011. Além das funções exercidas no Ministério Público Federal (MPF), Villela também é diretor de Assuntos Legislativos da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), entidade que representa a classe.

Na manhã desta quinta, a ANPR tirou o nome e a foto de Villela da página de seu site na internet em que são listados os diretores da entidade.
Em nota, o TSE enfatizou que a PF realizou busca e apreensão apenas no gabinete de Villela, e que a operação não tem ligação com o tribunal. Na corte, há um espaço reservado ao Ministério Público. Os agentes da PF ficaram no local entre as 6h e as 8h.

"O material apreendido - um HD externo, um celular, documentos e mídias - integra o patrimônio do Ministério Público Federal", diz trecho da nota do TSE, concluindo: "De acordo com a Procuradoria-Geral Eleitoral, a operação não tem qualquer relação com a Justiça Eleitoral ou com processos que nela tramitam.

As buscas fazem parte da investigação relacionada a fatos da Operação Greenfield, que investiga irregularidades em quatro grandes fundos de pensão do país, segundo as informações da Polícia Federal."
 
 
.

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 - 09h32


Fachin manda afastar Aécio do mandato de senador e decide enviar ao plenário do STF pedido de prisão

 
O Ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), mandou afastar o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), do mandato de senador. O magistrado, no entanto, optou por não decretar monocraticamente o pedido apresentado pela Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o parlamentar tucano.

No despacho, conforme apurou a TV Globo, Fachin decidiu submeter ao plenário do Supremo o pedido de prisão de Aécio solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Endereços ligados ao parlamentar tucano também são alvo de mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (18) no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília.

O relator da Lava Jato determinou ainda que o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seja afastado da Câmara. Fachin, a exemplo do que decidiu em relação a Aécio, também preferiu enviar ao plenário do tribunal o pedido da PGR para prender o deputado do PMDB.

Reportagem publicada nesta quarta (17) no site do jornal "O Globo" revelou que o dono do frigorífico JBS Joesley Batista entregou à Procuradoria Geral da República uma gravação na qual Aécio pede ao empresário R$ 2 milhões.

No áudio gravado por Joesley, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. O senador tucano é alvo de seis inquéritos no Supremo relacionados à Lava Jato.

O jornal também informou que o dono do frigorífico JBS entregou uma gravação feita em 7 de março deste ano em que o presidente da República, Michel Temer, indica Rocha Loures para resolver assuntos da holding J&F no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cadê).

Rocha Loures já foi chefe de Relações Institucionais da Presidência, quando Temer era vice-presidente. Após o impeachment de Dilma Rousseff, o parlamentar peemedebista atuou como assessor especial da Presidência. Ele assumiu uma cadeira na Câmara no momento em que o Osmar Serraglio (PMDB-PR) deixou o parlamento para assumir o comando do Ministério da Justiça.

A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou o que precisava no Cadê. Pelo serviço, segundo "O Globo", Joesley ofereceu propina de 5% e Rocha Loures deu o aval.

O G1 ainda não conseguiu contato nesta quinta-feira com a assessoria de Aécio Neves. Na noite desta quarta, a assessoria de imprensa do parlamentar mineiro afirmou que ele "está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos".

O Senado informou à TV Globo que, até o momento, ainda não recebeu oficialmente o mandado do ministro do Supremo que mandar afastar Aécio do parlamento.

Irmã de Aécio

Além de afastar o senador do PSDB, Fachin expediu um um mandado de prisão contra a irmã e assessora de Aécio, Andréa Neves. Ela foi presa pela PF em Minas Gerais.

Segundo a TV Globo apurou, um procurador da República foi preso e há mandados contra pessoas ligadas ao deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

No Rio, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em três endereços: os apartamentos de Aécio e da irmã dele e o imóvel de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito de Cunha.

O procurador da República Ângelo Goulart Villela, que atua no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Agentes da PF cumpriram mandados de busca e apreensão na sede da Corte eleitoral, em Brasília.

Fachin também expediu mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha.

Em São Paulo, há buscas em imóvel do coronel João Batista Lima Filho.

O militar é amigo de Michel Temer.
 
 
 

Canal Youtube

PUBLICIDADE
Mural de Recados
 
Fone: (42) 9931-7475 - E-mail: joneifarias@hotmail.com.br
© 2017 Jonei Farias. Todos os direitos reservados.
Powered by ST Informática
================================================== -->