PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 13h21


Cigarros contrabandeados são saqueados depois de carro tombar no Paraná

 
Um carro que levava cigarros contrabandeados tombou no quilômetro 470 da BR-376, entre Ponta Grossa e Imbaú, na região dos Campos Gerais do Paraná, por volta das 10h desta terça-feira (13).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), parte da mercadoria foi saqueada depois do acidente.

Conforme informações colhidas pela polícia no local do acidente, o motorista ficou ferido e foi socorrido por um carro que seguia junto.

O veículo que tombou e o restante da carga foram levados para o posto da PRF.

Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 13h07


Inscrições para cursos técnicos no CEEP de Pitanga encerram no dia 13

 
Faltam poucos dias para o encerramento das inscrições nos cursos técnicos ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Miguel Carlos Parolo, de Pitanga. Para o segundo semestre, estão sendo ofertados os cursos de Técnico em Administração, Técnico em Enfermagem e Técnico em Agronegócios, todos na modalidade subsequente, ou seja, para alunos que já concluíram o Ensino Médio.

As aulas acontecem no período noturno, de segunda a sexta-feira, e estão sendo ofertadas 40 vagas por turma.

O curso Técnico de Administração tem carga horária de 1200 horas; já o curso de Agronegócio tem carga horária de 1500 horas; e o curso de Técnico em Enfermagem tem uma carga horária de 1440 horas, além do estágio supervisionado.

Para as inscrições, os interessados devem levar à secretaria do CEEP, duas fotos 3x4 atualizadas, fotocópias da certidão de nascimento ou casamento, identidade, CPF, título de eleitor, comprovante de residência e os históricos de conclusão do ensino médio e do ensino fundamental. As inscrições terminam no dia 13 de junho.

Segundo a diretora do CEEP, Lucélia Terezinha Dziubate, atualmente a instituição conta com 548 alunos matriculados e esse número de alunos se deve à estrutura física, que é ímpar na região, e ao número de professores e funcionários, todos técnicos na área específica para trabalhar na educação profissional.

Lucélia Dziubate ressalta também que o CEEP tem feito uma alternância na oferta dos cursos, observando a necessidade do mercado, tanto que para o início de 2018 serão ofertados os cursos de Técnico em Edificações e Técnico em Segurança do Trabalho. “Esse não é um curso de aperfeiçoamento, mas sim de qualificação profissional, onde o aluno sai com uma diplomação e com habilidades para desenvolver seu papel no mercado de trabalho”, frisa a diretora.

Ela comenta ainda que a estrutura da CEEP é completa, principalmente pelos laboratórios que atendem as necessidades dos cursos. “Temos profissionais habilitados, estrutura física adequada e atividades práticas constantes, onde os alunos conseguem aliar a teoria com a prática”, frisa.

O CEEP está localizado na Rua Francisco Berardi, Jardim Dona Maria, e atende pelo fone (42) 3646-5855.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 12h56


Moro condena Sérgio Cabral a 14 anos de prisão e absolve mulher do ex-governador

 
O juiz federal Sergio Moro condenou nesta terça-feira (13) o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, a 14 anos e dois meses de prisão em regime fechado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Ele também foi condenado a pagar uma multa de R$ 566,2 mil pelos crimes. Na mesma sentença, Moro condenou o ex-secretário de governo Wilson Carvalho e o sócio de Cabral, Carlos Miranda, e absolveu a mulher de Cabral, Adriana Anselmo, e Mônica Araújo, esposa de Wilson, por falta de provas.

Wilson Carvalho foi condenado a 10 anos e oito meses de prisão e Carlos Miranda a 12 anos, ambos em regime fechado, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. As multas aplicadas aos dois réus são de R$ 205 mil e R$ 540,7 mil, respectivamente.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), a empreiteira Andrade Gutierrez teria acertado o pagamento de vantagem indevida ao então governador Sergio Cabral sobre contratos da empresa no Rio de Janeiro. A denúncia envolve especificamente propinas pagas no âmbito do contrato de terraplanagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em 2008.

O contrato tinha o valor original de R$ 819,8 milhões e sofreu cinco aditivos que levaram ao incremento do valor para R$ 1,1 bilhão.
De acordo com o MPF, foram pagos cerca de R$ 2,7 milhões em propinas a Cabral, seu sócio e ao ex-secretário de governo. Este foi o valor estipulado por Moro como mínimo para a reparação de danos à Petrobras.

A denúncia também detalha como os investigados lavaram parte do dinheiro pago como propina pela Andrade Gutierrez. Segundo o MPF, foram adquiridos pelos investigados equipamentos para produção de leite, para produção agrícola, além de móveis, roupas, acessórios, entre outros.

Outras penas

Moro também determinou a interdição de Cabral, Carvalho e Miranda para exercício de cargo ou função pública ou de diretor, membro de conselho ou de gerência pelo dobro do tempo da pena estipulada a cada um na sentença.

O juiz manteve a prisão preventiva dos condenados, alegando que o produto do crime praticado por eles ainda não foi recuperado pela Justiça, uma vez que os réus esvaziaram suas contas bancárias e a Justiça ainda não conseguiu localizar todos os bens de Cabral, Carvalho e Miranda.

“Nem a vantagem indevida paga no presente caso, nem as propinas pagas em todo o contexto criminoso, cuja dimensão sequer ainda foi totalmente precisada, foram recuperadas integralmente”, apontou o juiz.

Prática sistemática

Moro também destacou a prática sistemática de crimes de corrupção praticados no Rio de Janeiro pelo grupo de Cabral.

Os atos de corrupção e lavagem reconhecidos na presente sentença inserem-se em um contexto maior de prática sistemática de infrações penais pelo ex-Governador e seus associados e que é ilustrado pelas cerca de nove ações penais contra eles já propostas na Justiça Federal do Rio de Janeiro e igualmente encontra prova neste mesmo feito no sentido de que era cobrado um percentual de vantagem indevida em toda obra pública realizada no Estado do Rio de Janeiro”, sustentou Moro.

Por fim, Moro sustentou a necessidade da prisão preventiva ser mantida através da situação das contas públicas do estado do Rio de Janeiro. Para o magistrado, seria uma “afronta” permitir que Cabral recorresse da sentença em liberdade.

Essa necessidade [de manter a prisão] faz-se ainda mais presente diante da notória situação de ruína das contas públicas do Governo do Rio de Janeiro.

Constituiria afronta permitir que os condenados persistissem fruindo em liberdade do produto milionário de seus crimes, inclusive com aquisição, mediante condutas de ocultação e dissimulação, de novo patrimônio, parte em bens de luxo, enquanto, por conta de gestão governamental aparentemente comprometida por corrupção e inépcia, impõe-se à população daquele Estado tamanhos sacrifícios, com aumentos de tributos e corte de salários e de investimentos públicos e sociais. Uma versão criminosa de governantes ricos e governados pobres”, disse Moro.

Os três condenados estão presos no Rio de Janeiro, onde respondem a uma série de outros processos da Lava Jato, sob os cuidados do juiz Marcelo Bretas.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 12h00


Moto é furtada em Santa Maria do Oeste

 
​No dia 12 de Junho de 2017, às 18h45min, compareceu ao Destacamento da Policia Militar solicitante que exerce a profissão de borracheiro as margens da PR 456 e relatou que às 14h30min deixou sua motocicleta HONDA/CG 125 FAN, de cor preta, placa APD-6641, ao lado da borracharia, com a chave na ignição e com o capacete no guidão e que por volta das 18h00min, quando foi pegar a motocicleta notou que a teriam furtado.
       
Diante dos fatos a equipe realizou patrulhamento nas mediações porem não localizou a referida motocicleta.
       
A vitima foi orientado quanto aos procedimentos legais.
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 10h00


Menina de 11 anos deixa bilhete de despedida e some de casa no bairro Água Verde

 
Uma menina de apenas 11 anos deixou uma carta para a família e desapareceu.

 Isabel Ramos dos Santos mora no bairro Água Verde, em Curitiba, e estuda no Colégio Bom Jesus.

Ela sumiu na tarde de ontem quando disse que iria a aula de dança, mas não apareceu no local. Depois, familiares encontraram um bilhete onde a menina se despede e escreve para que não se preocupem.

A tia da menina, Jisiane Scheidt, tenente da Polícia Militar (PM) descreveu as roupas da menina. “Ela foi vista pela última vez ontem à tarde, saindo de casa, indo para uma aula de dança, estava usando um moletom cinza com a manga rosa, a calça preta e uma mochila roxa.

Ela não chegou a ir até a aula de dança, a avó dela foi atrás e ela não tinha ido para lá. As coleguinhas da escola também não sabem onde ela está.

A família está em choque e espera encontrar a garota nas próximas horas.

Sobre a carta, Isabel deixou claro que era de despedida, mas que não iria contar o motivo: “Bom, essa é uma carta de despedida, eu não vou escrever aqui os meus motivos, nem nada do tipo, estou escrevendo para deixar claro que estou infinitamente agradecida, por tudo, todas as oportunidades, todas as lições. Eu amo muito vocês, por favor acreditem, Deus está comigo e com vocês”, diz um trecho.

Quem tiver informações sobre a garota, pode entrar em contato com a tenente Jisiane por meio do número (41) 9 9602-4989.
 
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 09h47


PSDB decide continuar na base de apoio do governo, mas fará avaliações diárias

 
O presidente nacional interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse na noite de ontem (12) que o partido segue na base de apoio ao governo Michel Temer, mas que serão feitas avaliações diárias dos cenários políticos.

“Vamos avaliar diariamente. Todos os dias têm surgido fatos novos e vamos estar atentos”, disse o senador ao final da reunião da executiva nacional, que durou mais de seis horas.

Segundo Jereissati, não houve deliberação do partido sobre a permanência no governo, mas a maioria da legenda entende que um eventual desembarque agora iria prejudicar as reformas. “O partido está unido, mas tem divergências. O partido não tem dono, nem é autoritário. Quem é mais velho lembra que ja tivemos crise e no momento exato seguiremos unidos”, disse.

TSE

Sobre o resultado do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo TSE, o presidente nacional interino do PSDB defendeu que o partido recorra da decisão. Ele disse que os advogados do partido, no entanto, entendem ser melhor aguardar a publicação do acórdão e depois submeter a decisão à executiva.

“Eu, como presidente, penso que devemos recorrer. O advogado quer esperar a publicação [do acórdão]. Vamos continuar no governo Temer, sem deixar de lado as nossas convicções. E eu estou convicto de que houve corrupção na eleição de 2014”.

Perguntado se essa posição não seria incoerente, o tucano reconheceu que sim, mas que prefere seguir suas convicções. “Com certeza há uma incoerência nisso, mas foi a história que nos impôs.

Esse não é o meu governo, nem o governo dos meus sonhos. Não votei nele [Temer] nem nela [Dilma]. Estamos juntos para dar a estabilidade que o país precisa. Estaria mais confortável com alguém do PSDB [na Presidência]”.

Sobre uma eventual denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer, Jereissati disse que o partido não fechará questão e os deputados ficarão livres para votar (a Câmara é quem decide se autoriza a abertura do processo de investigação contra o presidente). “Vai ser uma decisão da Câmara e cada deputado vai votar da maneira que quiser.

Não existe nada de fechar questão em relação a isso. A bancada tem opiniões diferente, vai ser um voto de consciência e não uma decisão partidário. Se tiver um acontecimento muito grave, a opinião vai ser diferente e vamos chamar a bancada e conversar sobre isso”, disse.
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 09h25


Trágico acidente envolvendo vários carros na BR-487 entre Luziana e Campo Mourão

 
Um acidente envolvendo quatro veículos deixou uma pessoa morta e outras oito feridas.

Pelo menos três delas em estado grave. A tragédia aconteceu na noite desta segunda-feira (12) na BR 487, trecho que liga Campo Mourão a Luiziana.

Joana Mariano Domingos, de 71 anos, passageira do Renault Duster, com placas de Iretama, morreu no local do impacto.

O veículo era conduzido por seu filho, de 42 anos.

De acordo com o levantamento da Polícia Rodoviária Federal, tudo indica que o primeiro choque ocorreu entre a Duster e Zafira, com placas de Iretama. Um S-10, com placas de Campo Mourão, não conseguiu desviar e bateu em um dos veículos e caiu em uma ribanceira.

Um VW/Gol, que seguia sentido Luiziana, também não conseguiu evitar o choque contra um dos veículos do acidente.

Na caminhonete viaja apenas o motorista; no Gol estavam cinco pessoas; já na Zafira estava somente a condutora.

Todas as vítimas foram socorridas e encaminhadas a hospitais de Campo Mourão.

A motorista da Zafira ficou presa nas ferragens do carro e fraturou as pernas.

O corpo da vítima fatal foi encaminhado ao IML de Campo Mourão.

O trecho onde ocorreu o acidente está em obras e totalmente sem sinalização.

A PRF pede atenção redobrada dos motoristas.









 
 
PUBLICIDADE
 
.

Terça-feira, 13 de Junho de 2017 - 08h35


Acidente entre Moto e Caminhão em Pitanga

 
Um acidente ontem (12), ás 16:30h, na PR-466 na entrada de Pitanga, onde o Sr, Adair José Talgat 32 anos, teve ferimentos leves após a colisão entre sua Moto Honda e uma Caminhão.
 
Adair foi socorrido pelo corpo de bombeiros e encaminhado para o hospital de Pitanga.
 
PUBLICIDADE
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 18h30


Deputado Estadual Alexandre Curi participa de assinatura para investimentos nas rodovias do Paraná

 


O deputado Estadual Alexandre Curi, participou com o prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel, no Palácio Iguaçu, ao lado do governador Beto Richa, da assinatura de convênio com o Banco do Brasil, para investimentos em rodovias do Estado.

Presente também no evento, o secretário de Infraestrutura do Paraná, Pepe Richa, além de dirigentes do Banco do Brasil.
 
PUBLICIDADE
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 17h46


Entrevista com homem acusado de matar o tio no interior de Santa Maria do Oeste

 


 
A Polícia Militar de Santa Maria, através do Cabo Tony comandante do destacamento, atenderam um local de morte no distrito de São José.

Segundo a PM, o crime de homicídio ocorreu por volta das 5:00hs da manhã de hoje (10), onde a vítima seria tio do autor.

A vítima: Atalibio Galvão 84 anos, estava caído no chão da residência com ferimento na cabeça. O suspeito: Natali Galvão 44 anos, foi preso pela polícia Militar de Santa Maria.

Segundo a PM, o homicídio ocorreu na localidade de Aldeia Feliz, Bairro São José; que o autor havia sido contido na casa de um irmão; que diante dos fatos narrados as equipes foram até o local, onde foi encontrado o suposto autor amarrado com uma corda, na área da residência de seu irmão, e estava visivelmente alterado, com uma lesão na região lombar lado esquerdo, apresentando-se muito agressivo.

As pessoas que o amarraram relataram que após a agressão na vítima o autor foi até sua casa arrombou a porta, onde provavelmente se lesionou após chutar e quebrar a porta, entrou pelo "buraco" e investiu contra o mesmo e sua família, sendo necessário força física para conte ló e amarra-lo; que após isso a esposa do autor relatou que seu marido estaria transtornado teria agredido seu tio batido com a cabeça da vítima contra o piso do banheiro deixando-o desacordado.

A equipe deslocou até a outra residência onde o autor convivia com sua esposa e seu tio, sendo encontrado, a vítima caída em uma poça de sangue com a cabeça lesionada em óbito; diante dos fatos foi acionado a Criminalista e também a policia Civil, para providencias no local, sendo o autor encaminhado pela Policia Militar a 45 DRP, ficando preso à disposição da Justiça.
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 17h36


Homem agride esposa com espingarda, em Guarapuava

 
Uma mulher foi agredida com uma espingarda pelo próprio marido, na noite desse domingo (11) no Distrito da Palmeirinha, em Guarapuava.

A ocorrência foi registrada pela polícia por volta das 21h40. De acordo com a vítima, seu esposo de 28 anos chegou em casa embriagado, pegou uma espingarda calibre 22 e começou a agredi-la.

A mulher também levou socos e chutes em sua barriga e quando tentou tirar a arma do marido foi agredida na mão com a espingarda, causando lesão nos dedos da mão direita.

No local, a equipe policial deu voz de prisão ao homem, que estava de posse da espingarda e o conduziu, juntamente com a arma, até a 14ª SDP de Guarapuava.

A vítima foi conduzida para atendimento médico, pois reclamava de dores na barriga, afirmando que está grávida de alguns meses.

Ela foi encaminhada a uma casa hospitalar onde ficou internada.

Fonte: rede sul de Notícias. 
 
PUBLICIDADE
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 17h18


Bandidos atirando durante assalto a banco em Inácio Martins

 
O Itaú, na cidade de Inácio Martins, foi assaltado na tarde desta segunda feira (12), um dia após o encerramento da 11ª Festa do Pinhão.

Os bandidos fizeram reféns e levaram dois deles juntos - um em cima do capô e outro no teto do veículo.

Os reféns aparecem sem camisa. Provavelmente para não serem confundidos com os assaltantes.

No vídeo, é possível ouvir testemunhas narrando o tipo de armamento que os bandidos estavam usando.

 Segundo testemunhas e como mostra o vídeo, os bandidos estavam armados com metralhadoras e pistolas.

O veículo usado por eles é um Chevrolet/Onix de cor branca, com as letras ALX, nas placas.

Ainda de acordo com as testemunhas, um dos reféns foi liberado no bairro Vila Nova.

O segundo refém que é gerente do banco foi levado com os bandidos, que seguiram sentido Cruz Machado.

A quantia roubada ainda não foi divulgada.


 
 
 
PUBLICIDADE
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 13h11


Maicol Barbosa solicita apoio do DER para mais segurança nos trevos de Pitanga

 

O prefeito de Pitanga, Maicol Callegari Barbosa, esteve em Curitiba, na semana passada, onde participou de uma audiência no DER (Departamento de Estradas de Rodagem), visando a implantação de medidas de segurança em três trevos de acesso à cidade e que estão se tornando pontos perigosos para motoristas e pedestres.

Para o trevo de saída para Guarapuava, o município solicitou a implantação de um sistema de redução de velocidade.

No local, motoristas desenvolvem altas velocidades, especialmente os de caminhão.

Já os trevos de acesso a UCP, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, e no acesso à Vila Santa Regina, a prioridade da prefeitura é a implantação de uma passarela para pedestres e um sistema que organize o trânsito nestes locais.

Existe um número grande de moradores que precisam atravessar a rodovia, constantemente, e o risco de atropelamento no local é grande.

Já no acesso a UCP, especialmente nos períodos de início e término das aulas, o número de veículos no local é muito grande. “Solicitamos ao Governo do Estado uma atenção especial a esses pedidos e o DER ficou de elaborar um estudo para dar maior segurança à população naquele local”, frisou o prefeito.

Samu

Já na Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o prefeito Maicol Barbosa protocolou a solicitação para implantação do atendimento de casos de AVC (Acidente Vascular-Cerebral) no Hospital São Vicente de Paulo, para agilizar o atendimento de pacientes que sofrem desse tipo de complicação.

Em contrapartida, a Secretaria de Saúde solicitou que se iniciasse junto a 5ª Regional de Saúde de Guarapuava, um estudo para a implantação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), já que essa é a única região do Paraná que ainda não é coberta pelo serviço.

Tivemos uma conversa prévia com a Regional, pois para implantar o protocolo de AVC, é necessário que o Samu esteja implantado na região; vamos conversar com os municípios e verificar como funciona o trâmite e qual a forma menos onerosa para os municípios aderirem ao Samu”, relatou Maicol Barbosa
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 12h58


Jogador do Aces Clube de Pitanga vai disputar o Campeonato Brasileiro de Poker

 


Os Pitanguenses Marcelo Eduardo Correa, Rafael Lima e Douglas Schroeder da equipe Aces Poker de Pitanga, foram campeões paranaense de Poker em Guarapuava, disputaram a Copa Paraná de equipes, onde tinham vários profissionais jogando, ganharam o 1° lugar em equipes, e no individual, onde o campeão individual Marcelo ganhou a vaga pra fazer parte da seleção paranaense de poker, que vai disputar o brasileiro de equipes em São Paulo.
 
 
O Paraná já sabe quem serão os representantes do estado na 5ª edição do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE), que ocorrerá entre 27 de julho e 1 de agosto de 2017 em São Paulo.
 
Entre os escolhidos pelo técnico Leandro Balotin Amarula, de Foz do Iguaçu, há diversos nomes de peso que irão buscar o título inédito para o estado.
 
O mais conhecido é o curitibano Yuri Martins, campeão mundial on-line em 2015, ele estipulou a meta este ano de ganhar R$ 1 milhão com poker.
 
Em três meses bateu a metade da meta.
 
Marcelo Eduardo Correa, de Pitanga, teve a vaga assegurada ao ser campeão da Copa do Paraná 2017.
 
Completam a lista de convocados: Wender Cezar Oliveira, de Maringá, campeão do torneio de R$ 1 milhão garantido em Camboriú neste ano; Dayane Kotoviezy, de Curitiba, campeã do Ladies Event do BSOP São Paulo 2017; e Fernando Ongaratto, de Londrina, vice-campeão paranaense de 2016.
 
Em um mundo do poker onde se fala tanto de grandes somas financeiras, estes jogadores estarão lá focados exclusivamente em honrar o Paraná da melhor forma possível.

 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 12h02


Família é feita refém durante assalto em Nova Laranjeiras

 
Uma família de Nova Laranjeiras foi feita refém durante assalto na manhã desse domingo (11), por criminosos que tentaram roubar a casa, que fica em uma chácara próxima da Ponte Rio Troca Perna, no Assentamento Xagú 3.

De acordo com a polícia, um homem informou que em uma propriedade vizinha, do seu irmão, estava acontecendo um assalto. A polícia foi até o local e segundo as vítimas, quando estavam indo sentido ao galpão para ordenhar as vacas, por volta das 7h10 da manhã, a moradora de 37 anos foi rendida por dois homens encapuzados e armados com armas longas, os quais em seguida renderam também seu esposo de 44 anos.

Os dois assaltante levaram o casal até a residência, onde renderam também os demais familiares. Um dos filhos, percebendo a ação, conseguiu pular uma das janelas da casa e correr pelos fundos, sem ser visto, para avisar seu tio que acionou a equipe policial.

Um dos ladrões avisou outros três suspeitos que estavam em um matagal próximo que a “casa estava limpa e poderiam adentrar”, sendo que estes portavam uma arma longa, um revólver e uma pistola. Segundo as vítimas, os bandidos perguntavam a todo instante sobre armas e dinheiro, de forma agressiva. Em certo momento, os marginais derrubaram pai e filho de 15 anos no chão, que foram agredidos fisicamente com socos e chutes. O adolescente foi lesionado na cabeça e no rosto.

Após alguns minutos na residência, um dos indivíduos avistou o irmão da vítima, que observava a ação dos mesmos a distância.

O assaltante alertou os demais utilizando a expressão: “deu água”, momento em que todos fugiram levando uma TV 32”, marca Phillips, três aparelhos celulares de marcas LG, Samsung e Nokia, um computador de marca Positivo (CPU e tela) e pequena quantia em dinheiro. Os suspeitos fugiram do local em um veículo Fiat Palio, cor verde escuro, o qual estava todo sujo de barro.

Avisadas, equipes policiais deslocaram-se sentido Assentamento Ireno Alves dos Santos, onde em uma estrada vicinal, avistaram rastros de um veículo, que aparentemente havia passado há poucos instantes.

A polícia seguiu os rastros que levavam em direção ao acampamento Guajuvira, porém acabaram perdendo as pistas. As vítimas foram orientadas quanto aos procedimentos cabíveis.
 
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 09h15


Sai hoje resultado do Pro Uni do segundo semestre

 
Sai hoje (12) o resultado da edição do segundo semestre do Programa Universidade para Todos (Pro Uni).

O prazo para se candidatar a uma bolsa do programa terminou na sexta-feira (9) e, até as 12 h daquele dia, o sistema registrou mais de 370 mil estudantes inscritos e mais de 720 mil inscrições – pois o estudante pode selecionar até duas opções de curso, entre os 27.237 disponíveis.

O resultado estará disponível na página do programa na internet.

Neste processo seletivo, o Pro Uni oferta 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação superior em todo o país. O número de bolsas oferecidas é 17% maior do que na segunda edição do programa do ano passado.

Do total de bolsas, 67.603 são integrais e 79.889, parciais. O estudante tem até o dia 19 de junho para procurar a instituição de ensino para a qual foi pré-selecionado a fim de comprovar as informações prestadas na inscrição. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato.

O Pro Uni é voltado a alunos da rede pública ou bolsistas integrais da rede particular. Para participar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, ter obtido o mínimo de 450 pontos na média das notas e não ter zerado a redação.

Também estão incluídas as pessoas com deficiência e professores da educação básica em escolas públicas que compõem o quadro de pessoal permanente da instituição.

O processo seletivo será constituído de duas chamadas sucessivas, sendo que a primeira ocorre hoje e a segunda está prevista para 26 de junho. Na segunda chamada, a comprovação das informações deverá ser feita de 26 a 30 de junho.

Para participar da lista de espera, o estudante deverá manifestar seu interesse na página do programa, entre 7 e 10 de julho.

A lista estará disponível no sistema, para consulta pelas instituições de educação superior, no dia 13 de julho.

Nesse caso, o candidato deverá comparecer à instituição e entregar a documentação no período de 17 a 18 de julho.
 
 
 
.

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 - 08h52


Morre em acidente de carro o jogador do Paraná Clube Jonas Pessali; impacto arrancou um poste

 

Morreu na madrugada desta segunda-feira (12), em um acidente de carro o jogador de futebol Jonas Pessali, de 26 anos, afastado pelo Paraná Clube há cerca de uma semana.

O meia dirigia um veículo Audi quando se perdeu em uma curva na Rua André Ferreira Barbosa (via rápida do Pinheirinho) e bateu contra um poste de energia.

O jogador morreu na hora e o amigo, que estava no banco do carona, sofreu ferimentos leves.

O acidente aconteceu por volta das 3h30, em Curitiba, quando os dois amigos voltavam de uma festa de aniversário. O tenente Alisson, do Corpo de Bombeiros, prestou os primeiros atendimentos. “Quando chegamos, infelizmente, o jogador estava morto.

Tivemos dificuldades para retirar o corpo das ferragens. O amigo dele sofreu um corte na cabeça, mas estava consciente, apesar de bastante abalado.

O impacto foi tão grande que arrancou o poste, que fica preso ao chão a uma profundidade de cerca de dois metros. Foi muito forte”, afirmou o tenente. O poste caiu sobre o carro.

Segundo o que foi apurado no local, Pessali se perdeu em uma curva por cerca de 100 a 150 metros até colidir contra o poste.

O local foi isolado para a retirada do corpo e o trânsito foi totalmente bloqueado.

O tráfego no início da manhã, sentido centro, estava sendo desviado por dentro do Terminal do Pinheirinho e havia bastante congestionamento no local por volta das 6h30.

A energia elétrica foi cortada na região e equipes da Copel foram acionadas para Consertar a fiação arrancada.

 
.

Domingo, 11 de Junho de 2017 - 22h12


Jovem pratica roleta-russa com amigos em Curitiba e atinge própria cabeça

 
Um jovem de 22 anos que estava supostamente praticando roleta-russa com os amigos em uma casa no bairro Boqueirão, em Curitiba, morreu ao atingir a própria cabeça com um disparo, na noite deste sábado (10).

O rapaz ainda não está identificado oficialmente e morreu dentro da ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), que teve apoio médico pela gravidade.

Segundo informações apuradas , um grupo de amigos estava dentro de uma casa nos fundos de uma rua estreita do bairro. Parte dos amigos estava com um revólver calibre 38 fazendo roleta-russa, um jogo onde os participantes colocam uma bala — apenas uma — em uma das câmaras de um revólver.

O tambor do revólver é girado e fechado, de modo a que localização da bala seja desconhecida. Os participantes apontam o revólver para suas cabeças e atiram, correndo o risco de provável morte caso a bala esteja na câmara engatilhada.

O socorrista Gesiel detalhou o caso  e afirmou que o local era escondido, dificultando ainda mais o socorro. “Um local de difícil acesso, um local no qual era impossível entrar sem apoio policial.

Quando chegamos ele já estava inconsciente e pelo relato ele e outras pessoas estavam praticando roleta-russa”, descreveu.

Ainda, segundo o socorrista, os amigos que também participaram da ‘brincadeira’ foram embora após o disparo.

Outros que estavam na casa, sem participar, permaneceram e relataram que acionaram socorro.

O jovem foi socorrido em estado gravíssimo, mas não resistiu e morreu ainda dentro da ambulância, a caminho do Hospital do Trabalhador.

O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba durante a madrugada.

Os investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vão apurar o caso e confirmar se o jovem efetuou o disparo na própria cabeça.
 
 
 
 
.

Domingo, 11 de Junho de 2017 - 21h53


Jonas Abibi Persistir, eis a questão

 
 
.

Domingo, 11 de Junho de 2017 - 21h37


Tortura ou castigo?

 
Uma campanha feita na internet para arrecadar R$ 15.000 e ajudar jovem a remover tatuagem e ter auxílio psicológico ultrapassou sua meta em menos de um dia. Criada pelo coletivo Afroguerrilha, a “vaquinha” arrecadou, até o momento, R$ 17.600.

Robin Batista, editor do site do coletivo, publicou na página do Facebook: “Conheço esse garoto desde que ele era pequeno e sua família vive uma situação de pobreza e falta de condições”. Ele ressaltou também que “é um caso de tortura e humilhação muito grave, que vai causar transtornos sociais a ele por muito tempo.” 

ENTENDA

Na última sexta (09), um vídeo tornou-se um viral: dois homens provocam um garoto e perguntam que tatuagem ele quer fazer.

O menino responde “ladrão”, sem oferecer muita resistência. A foto que acompanha a filmagem revela a frase “eu sou ladrão e vacilão” escrita na testa do jovem de 17 anos. O castigo foi dado porque o rapaz teria tentado roubar uma bicicleta.

O caso aconteceu em São Bernardo do Campo e levou os dois homens à prisão. O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, foram presos em flagrante na noite da sexta e continuam detidos no 3º Distrito Policial de São Bernardo do Campo até a noite deste sábado.

A prisão aconteceu porque os familiares do menor de idade receberam o vídeo e denunciaram a ação para a polícia. Ele, que estava desaparecido desde o dia 31 de maio, foi encontrado por amigos no fim da tarde deste sábado, caminhando pela Estrada dos Casa, em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo.

Depois de encontrado, o adolescente prestou depoimento no 3º Distrito Policial da cidade e já voltou para a casa da família.

Ronildo e Maycon acusaram o garoto de roubar uma bicicleta de um homem sem perna. O jovem negou ter cometido qualquer furto.

As informações foram confirmadas pela delegacia, mas os funcionários não quiseram dar mais detalhes sobre o caso. O delegado Wagner Milhardo vai se pronunciar sobre na próxima segunda.
 
 
 

Canal Youtube


===> Utilidade Publica <===
PUBLICIDADE
Mural de Recados
 
Fone: (42) 9931-7475 - E-mail: joneifarias@hotmail.com.br
© 2017 Jonei Farias. Todos os direitos reservados.
Powered by ST Informática
================================================== -->